sábado, 6 de outubro de 2018

A paixão Segundo GH - Clarice Lispector

Mais uma obra lida de Clarice Lispector. Tô podendo hein!! Mas a verdade é que não consigo entender o fascínio que ela causa na grande maioria dos leitores!
Sério! Li somente duas obras dela mas não curti isso tudo não. Acho que já deu de Clarice pra mim.

Aqui vamos conhecer a história de GH, que depois de despedir a empregada resolve dar um limpa no quartinho onde a mesma dormia.

Ao entrar no quarto ela se depara com um quarto diferente do que se lembrava. E ao começar a arrumá-lo ela se depara com uma barata. E esse encontro causa em
GH um nojo e ao mesmo tempo uma vontade de prová-la e ver que gosto tem.
Quando li sso na sinopse achei que o livro iria render!!! Mas ao ler fui vendo que não tinha pé nem cabeça (minha opinião).

 Ao comer a barata ela tem uma epifania, onde percebe/reconhece a fragilidade do ser humano.

Ela sendo mulher bem sucedida, percebe que perdeu sua identidade e que precisava se achar.



 Enfim nesse momento de nojo total por ter comido a barata ela realiza uma profunda reflexão existencial. Ela vai perceber a verdadeira razão de estar no mundo. 



Vi algumas entrevista da autora onde ela dizia não rever seus textos, escrevia e passava pra editora os originais. Então ao ler deve ser considerado que ela não fazia alterações de uma edição pra outra, o que pra mim se tivesse feito poderia ter mais sentido PELO MENOS PRA MIM.


A editora fazia reparos em algumas incorreções. A paixão segundo GH é considerada a grande obra de Clarice. Concordo? Pergunta difícil, já que não gostei das duas obras que li dela.
Realmente queria entender o porque de ser tão bem falada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário