domingo, 28 de julho de 2019

O cortiço - Aluísio Azevedo

Hoje falo um pouco de O cortiço, de Aluísio Azevedo. Que foi um livro que li pro projeto 12 Clássicos Nacionais para 2018. Terminei me perguntando: COMO NÃO O LI ANTES? Fiz a leitura usando o app Kindle que tenho no celular.

A obra nos mostra um Rio de Janeiro do século XIX, onde temos uma burguesia vivendo lado a lado com a pobreza. Os personagens são imigrantes, lavadeiras, prostitutas, todos sendo retratados de uma maneira exagerado com características que definem o NEGRO/POBRE do Brasil. Essa maneira exagerada, sem papas na língua é pra fazer uma critica contra o capitalismo da época, que vende a ideia que os portugueses são de uma raça superior que buscam sucesso, trabalham para isso, enquanto os brasileiros são inferiores, preguiçosos e vagabundos.

Entre os personagens que ajudam a dar vida e enriquecer a história, temos João Romão, um português que veio para o Brasil em busca de uma vida melhor. João Romão acaba "ganhando" a venda que trabalhava como forma de "pagamento" dos pagamentos que não recebia de seu patrão. Patrão que resolve voltar para Portugal.



João Romão por ser mega AMBICIOSO, irá fazer de tudo para lucrar com essa venda! TUDO! Ele acaba conhecendo  Bertoleza, uma escrava dona de uma quitanda que possui uma clientela fiel. Ele ira se envolver com Bertoleza para administrar a quintada e ficar com os lucros. Com que ganha da venda e da quintada ele compra um terreno onde contrói pequenos casebres, cobrando um valor baixo para que pessoas pobres possam viver ali. Pessoas que vão consumir produtos de sua venda e quitanda, deixando assim tudo que ganha com ele.


O cortiço foi publicado em 1890, fazia parte do movimento NATURALISTA, movimento artístico e literário conhecido por ser a radicalização do realismo, baseando-se na observação fiel da realidade e na experiência, mostrando que o indivíduo é determinado pelo ambiente e pela hereditariedade.  Ressalto que O Cortiço é destaque desse movimento aqui no Brasil, lembrando que esse movimento teve origem na Europa.

Gente o livro é muito bom! Adorei o final, achei sensacional!!! VALE A PENA LER!!! Gente é só um pequeno resumão, porque perderá toda graça falar de todos os personagens , tem que ler pra se apaixonar!

Eu amei a leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário