sexta-feira, 14 de abril de 2017

Eu li...

Pra começar, quero dizer que estou muito feliz em ter lido mais um clássico neste ano. E o clássico da vez foi Laranja mecânica de Anthony Burgess. E foi um clássico que tive prazer em ler, um clássico em que eu achei justa a denominação de clássico.
Achei bastante interessante e diferente a ideia do autor de usar gírias pra contar a história, o que foi um desafio durante a leitura, mas mesmo com as gírias usadas do começo ao fim dá pra entender perfeitamente a história.
Fica aí mais uma dica de leitura, tem que ler é muito bom!

Sinopse:

Narrada pelo protagonista, o adolescente Alex, esta brilhante e perturbadora história cria uma sociedade futurista em que a violência atinge grandes proporções e provoca uma resposta igualmente agressiva de um governo totalitário. Ao lado de 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, Laranja Mecânica é um dos ícones literários da alienação pós-industrial que caracterizou o século 20. Adaptado com maestria para o cinema em 1972 por Stanley Kubrick, o livro é uma obra marcante que atravessou décadas e se mantém atual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário